Phalaenopsis

Plantas > Orquídeas > Phalaenopsis

Phalaenopsis se origina do grego phalaina (borboleta) e opsis (aparência). Há cerca de 46 espécies de Phalaenopsis espalhadas pela Índia, Sudeste Asiático, Indonésia, Filipinas e Austrália. Algumas das principais cultivadas são brancas, como a P. amabilis e aphrodite, rosadas, como a P. schilleriana e equestris (cujos híbridos deram origem à P. multiflora, com abundância de flores pequenas, de 3cm), P. amboinensis, cornigiana, cornucervi, fasciata, manni, pallens e sumatra (amarela com faixas ou pintas marrons), P. gigantea hieroglyphica, stuartiana (fantasia com muitas pintas).

Há um gênero muito próximo, a Doritis, da qual a espécie mais representativa é a D. pulcherrima. Tanto a planta quanto as flores são semelhantes à Phalaenopsis com a diferença de as flores da Doritis serem menores, com cerca de 2 a 3cm.

Cultivo

 

São plantas fáceis de cultivar, mesmo dentro de casa, se colocadas num lugar em que receba farta iluminação solar da manhã ou da tarde. Nas horas de sol forte é preciso protegê-la com uma tela que filtre o excesso de luz. Na hora da rega, tome cuidado para que a água não se acumule no cálice, entre as folhas superiores, pois isso pode favorecer o ataque de fungos e bactérias.

Como é uma planta epífita, pode ser fixada em qualquer casca ou tronco seco ou ainda em árvore. Vai muito bem num tronco de palmeira. Alguns a plantam em placas, virada para baixo, a fim de que não se acumule água em seus brotos. O mais comum, entretanto, é que seja plantada em vaso. Nesse caso, o substrato pode ser o mais variado. Como a fibra de coco, casca de pinus, musgo, pedra britada, caso em que exige rega mais frequente etc.

 

Temperatura, Umidade e Adubação

 

Estas plantas aceitam bem a variação de temperatura entre 15 e 35 graus, mas não suportam mudança brusca no tempo. Nessa condição, quando houver haste floral em botão, estes irão murchar e abortar. Esta é a razão de uma Phalaenopsis ir bem dentro de casa, onde não ocorre mudança brusca de temperatura. Como requer muita umidade, deve ser colocada sobre um prato com água e pedra britada, de tal modo que o fundo do vaso não encoste na água, mas se beneficie de sua evaporação. O melhor adubo é o foliar. Com ele, borrifa-se não só as folhas com também o substrato e as raízes aéreas, caso existam.

 

Cruzamentos

 

Phalaenopsis cruza com outros gêneros de orquídeas, como: Vanda, Ascocentrum, Arachnis, Rhynchostylis, Renanthera etc.

Exemplos:

  • Arachnopsis = Arachnis x Phalaenopsis

  • Asconopsis = Ascocentrum x Phalaenopsis

  • Renanthopsis = Phalaenopsis x Renanthera

  • Rhynchonopsis = Phalaenopsis x Rhynchostylis

Plantas > Orquídeas > Phalaenopsis